terça-feira, 15 de maio de 2018

LIVRO ARTESANAL SOLO FÉRTIL (VIEIRA VIVO) NO JORNAL DE LETRAS DO RJ


Livro artesanal em resenha no Jornal de Letras, um dos mais importantes periódicos literários do país. E costelas felinas esta em suas páginas. Veja o release abaixo publicado .....
**
SOLO FÉRTIL (ed. Costelas Felinas, 2014), do poeta Vieira Vivo, trata-se de um projeto artesanal muito bem elaborado, de capa dura, com 58 páginas, a desdobrar-se em um tríptico literário em louvor aos lados "de fora, de cima e de dentro", da teia emocional e sensitiva em que o poeta se movimenta.

Através de uma linguagem vigorosa, às vezes, obscura, repleta em abrangências e significados, sonoramente convidativa, os poemas apresentam nomes como Neruda, Rimbaud, Caravaggio, Cláudio Manuel da Costa, o arcadismo, o poema visual, o soneto clássico, o neo-barroco, a mitologia grega e uma variada gama de técnicas poéticas a encorpar e a enriquecer o teor da obra.

O livro se complementa com o adendo "lado de dentro expandido" composto por nove poemas dedicados à poeta Cláudia Brino. O santista Vieira Vivo nasceu em 1954. Poeta da geração mimeógrafo participou do Grupo Picaré. Atualmente é editor da Revista Temática Cabeça Ativa e coeditor e encadernador da Ed. Costelas Felinas (livros artesanais). Doze livros publicados entre poesias, crônicas e humor. Obteve, com CENTELHA INSANA, o Prêmio de melhor livro de poesias de 2014 pela IWA – International Writer Association.

**Página 07 – Jornal de Letras (R.J)- n.º 232, abril/2018
Editor responsável professor Arnaldo Niskier.
Coluna Livros e Autores por Manoela Ferrari

Nenhum comentário:

Postar um comentário